segunda-feira, 22 de maio de 2017

|SuperTaça Distrital| FC Castrense conquista "triplete"!

@António Santos
O FC Castrense conquistou esta tarde no Complexo Desportivo 25 de abril, em Serpa, o "triplete" na temporada 2016/17 após juntar a SuperTaça Distrital, à Taça Distrito de Beja e o campeonato da 1ª Divisão Distrital.
Em Serpa a equipa orientada por Calú, bateu pela segunda semana consecutiva o CD Almodôvar, desta feira por 1-0, com um tento apontado por Zé Mestre.

9 comentários:

  1. Vir por este meio dar os parabéns à Equipa de Futebol Sénior do FCC, pela época histórica realizada no presente ano e com os votos de mais sucessos desportivos para os próximos anos a começar pela manutenção no CNS no próximo ano. Saudações Desportivas.

    ResponderEliminar
  2. Sem ironia nem demagogia: parabéns ao FC Castrense pela excelente época realizada, culminando com a conquista da super taça.
    Infelizmente não posso dar os parabéns ao conselho de arbitragem nem a quem nomeia os arbitros. Por norma, os melhores arbitros devem os nomeados para os jogos decisivos, como a final da taça e da super taça. Não foi o caso. Se no que respeita à final da taça, o Tiago Cordeiro e a sua equipa não tiveram qualquer influência no resultado final, onde o meu CDA foi imcapaz de controlar o jogo onde jogou cerca de 75 min com mais um jogador, já na super taça a equipa de arbitragem foi determinante para o resultado final. Além de ter petmitidobo golo do Castrense em clarissimo fora de jogo, foi bastante permissivo em materia disciplinar, perdoando pelo menos uma expulsão ao central da equipa de Castro Verde. Como refeti no inicio, os melhores arbitros para os melhores jogos mas um arbitro não deve ser só bom tecnicamente, também o deve ser civicamente, o que infelizmente não é o caso com os Edgares que auxiliaram Luis Ralha. Edgar Gaspar, que esta época fez 3 jogos do CDA, sendo bastante "infeliz" em todos os encontros, terminou a época a sorrir por ter permitido o golo que decidiu o jogo em claro fora de jogo. E que dizer de Edgar Ramos, que alem de ter ofendido de forma bastante grosseira alguns apoiantes do CDA, incluindo o Presidente do Clube, quando respondeu às justas reclamações com a frase "é para verem a merda que são"? Infelizmente educação vem de casa e parece que neste caso...
    Para terminar volto a reiterar os parabéns ao Castrense pelo triplete, em especial ao André Dias e ao Luis Godinho, almodovarenses e amigos e também realçar a excelente época que o meu CDA realizou que não se esbate com estes resultados.

    ResponderEliminar
  3. Bom jogo de futebol , onde o Almodôvar teve a supremacia na primeira parte , tendo mais posse bola e duas grandes oportunidades de golo contra uma do Castrense , na segunda parte o castrense teve por cima do jogo e o Almodôvar teve mais na retaguarda , acho que pelo que se passou no jogo o Almodôvar merecia ter chegado ao prolongamento .
    Por ultimo queria enaltecer o bom apoio da malta de Castro , que apoiou a sua equipa durante os 90 minutos .

    ResponderEliminar
  4. Ao contrário do que o anónimo diz , o árbitro
    Tiago Cordeiro , prejudicou claramente o Castrense , o penálti do Almodovar é muito duvidoso , e há dois penáltis claros a favor do Castrense que não são marcados. Arbitragem claramente tendenciosa para o lado do Almodovar .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até concordo que possa ser penálti e como tal expulsão, mas vamos a factos. Na jogada anterior à do penálti do Almodôvar ficou logo um penálti por marcar para o Castrense, quando o Yaggo se isolou e o Marco fez a mancha sobrando a bola para o Jorginho último jogador e derrubado. Conclusão, penálti por marcar para o Castrense e consequente expulsão. Ora a jogada do golo do Almodôvar não existiria, e o Castrense poderia ficar a ganhar por 2 a 0 e o Adversário com 10 jogadores em campo! Como tal influência direta no resultado e o jogador do Almodôvar não teria jogado neste Domingo. Na segunda parte mão na bola do jogador do Almodôvar dentro da grande área, mais uma penalidade por marcar! Mas ninguém veio para aqui acusar árbitros, agora não estamos aqui a dormir!Saudações Desportivas, e já agora "TRIPLETE".

      Eliminar
    2. HPalma, até concordava contigo, mas se bem te lembras o Jorginho foi o jogador no jogo que fez o maior numero de faltas e ainda uma agressão, onde nessa suposta agressão foi marcada falta e não foi mostrado qualquer cartão, se o Sr. Tiago Cordeiro estivesse à altura de uma final tinha tido mão e não teria qualquer medo em mostrar qualquer cartão fosse a quem fosse.
      Bom e não é necessária falar que em Serpa o Sr. Ralha jogou a mão ao bolso para mostrar o segundo cartão ao central do Castrense e apercebeu-se que teria de o expulsar e com isso mais uma vez não foi capaz de mostrar o segundo cartão ao jogador do Castrense.

      Eliminar
    3. Conclusão, 2 penáltis por marcar para o Castrense sendo que no primeiro ficou um jogador adversário por ser expulso e consequentemente a jogada que ocorreu a seguir de onde resultou o penálti do Almodôvar não teria acontecido. Ainda bem que concorda comigo como disse anteriormente. Saudações Desportivas.


      Eliminar
    4. Suposta agressão? Tá tudo dito.Suposta.

      Eliminar
  5. Eu também acho que se o árbitro Tiago Cordeiro tem tido uma arbitragem exemplar e sem mácula, teria que ter marcado dois penáltis a favor do Castrense . Em relação a suposta expulsão do Jorginho , certamente você não deve ter visto o jogo , pois o jorginho é uma pessoa de bem , que nunca tem atitudes dessas para com os seus colegas de profissão.

    ResponderEliminar

Atenção!
A partir de 1 de julho de 2017 só serão aceites comentários de e-mail registados ou que apresentem "nickname".
"Comentar Como:"
"Nome/URL"

Todos os comentários em anónimo serão eliminados.